Por que moda, Elle?

Olá! Como vão?

Essa pergunta do título eu escuto regularmente e, geralmente acompanhada de umas outras que se a gente não tiver a famosa paciência, acaba se estressando.
“Mas você costura?” “E desenhar, você sabe?” “Mas essa área por aqui não é muito arriscada?”

Então me diga qual área nos dias de hoje não é arriscada?! Mas hoje eu não vim responder essas perguntinhas não, vim falar sobre o porquê de eu ter escolhido essa profissão que espanta tanto para o meu futuro.

Desde criança fui ensinada a me virar com o que eu tinha por perto. Então se eu quisesse uma boneca nova para brincar, poderia imaginar que uma almofada era a tal e cuidaria dela como se fosse uma filha. Se eu quisesse um carrinho para levar algumas Pollys para um passeio, pintava uma caixa de papelão e “tchanan!” lá estava meu novo automóvel de bonecas. Criatividade nunca me faltou.

Quando adolescente vivia falando que precisava de novas roupas e foi nesse ponto que a moda entrou de vez na minha vida. Minha mãe sempre me incentivou a customizar e criar novas utilidades para peças esquecidas no armário, logo, uma saia jeans antiga viraria uma bolsa fofa e um vestido que já estava curto se tornaria uma blusa ou talvez uma saia. E preciso reforçar que deu e ainda dá certo até hoje!
Eu tinha roupas originais e divertidas e era aquela menina que ouvia das amigas “onde você comprou?”.

WP_20160323_6453
Esse kimono foi a segunda peça que eu costurei.

Ano passado comecei a costurar algumas peças bem simples e treinar técnicas de desenho, até porque sei que se eu entrasse na faculdade achando que iria apenas customizar roupas, o resultado não seria nada bom não é mesmo?

Hoje eu entendo que criar é para mim, muito mais do que um simples hobby, é uma necessidade. Necessidade de me sentir viva, alegre, pra cima. Mas acima de tudo, é a necessidade de mostrar para o mundo o meu propósito aqui. Afinal nem eu e nem você que está lendo, nascemos para sermos só mais um nesse planeta enorme. Viemos para ser a diferença!

Então não acredite em quem disse que seu sonho não vale nada, pois ele vale muito sim! Leve-o adiante mesmo com as dificuldades, pois eu creio que lá na frente, a gente vai se surpreender!

Elle Rosa